9 de janeiro de 2006

Daisy

Flores de todas as cores rodeiam o nosso universo, alegram o horizonte da nossa memória, avivam flashes do futuro.
Na simplicidade do branco se vê a discreta condição humana.
Flores são monumentos vivos ao nosso imaginário quase desertificado.
Flores... fleurs... flowers...

2 de janeiro de 2006

Bom Ano


BOM ANO!
Hoje recomeça ou continua a nossa vida. Simples operários num mundo em construção, talvez seja mais certo dizer mutação porque construção pressupõe algo de positivo e útil, o que nem sempre acontece.
Ano Novo Vida Nova!!! Esperemos que sim, longe da crise, do horizonte social, político, económico assaz cinzento, diria mesmo, cinzento-foncé(para não dizer escuro, é mais chique dizer em estrangeiro, lol).
Que o verde que vislumbro da minha janela e que se mistura a uma luz branca, lindaaa, e a um céu azul sejam prenúncio de tempos felizes.
Et voilá! Votos de um Feliz Ano, Paz, Saúde, Amor, Amizade, Felicidade, Sucesso, etc e tal e não necessariamente por esta ordem.