28 de maio de 2007

Camelo

- " Olha-me aquele camelo! "
- " Que ganda camelo! "
- " Seu camelo! "


... e por aí fora, eram expressões insultuosas e que estavam em desuso (substituídas por outras bem mais insultuosas). Contudo, nos últimos dias, tem sido uma palavra recorrente no nosso já tão grande anedotário político nacional. Até tem a sua graça! A imaginação deste povo é grande, pena é que não seja assim em tudo.

Sem comentários: