27 de julho de 2007

Garda, my love

Garda... um sonho de pré-adolescente concretizado em adulta.
No dia em que fiz 10 anos ( há
uns tempitos atrás, eheh), uma outra Margarida ofereceu-me o livro O Retrato de Margarida.
Li-o, devorei-o, amei-o. Amei
sobretudo aquela paisagem, as montanhas verdejantes, o lago imenso, as tempestades, o vento forte, o sol, e o sorriso simpático das gentes simples.
20 anos depois, qu
ase uma ironia do destino, um acaso, lá estava eu de abalada para Garda... para Gargnagno del Garda... sozinha,
mochila carregada com livros e dicionários, mala cheia de roupa
e mais mil e uma tralha que achamos que nos faz muita falta... um mês de empatia, simpatia, envolvência com aquele lago, aquelas montanhas, os autóctones e os turistas italianos, mas sobretudo austríacos e alemães, e todos aqueles que, como eu, iam durante um mês aperfeiçoar (quer dizer, aprender qualquer coisita, eheh, no meu caso) a língua e a cultura italianas, naquele palácio maravilhoso. Il Palazzo Feltrinelli. Inesquecível!!



O Palácio onde esteve instalado o Governo da República Social Italiana, conhecida também por República de Saló, cidade vizinha de Gargnano, (1943-1945), último reduto de Mussolini, antes de ser fuzilado por guerrelheiros italianos a 28 de Abril de 1945, juntamente com a sua companheira Clara Petacci, que permaneceu com Il Duce até ao fim.

Contaram-me que neste quartel-general, havia um apartamento de uso exclusivo de Benito e da sua companheira Clara.
Certo é que defronte à minha sala de aula ficava o gabinete d'Il Duce... defronte ao Lago... uma vista esplêndida, maravilhosa que jamais esquecerei. A porta da sala de aula, defronte a uma porta do gabinete de Mussolini, abria-se por vezes, devagarinho, rangendo, em surdina, assustando as atentas alunas concentradas em qualquer exercício... dizia-se, por graça, que era o fantasma do Duce... até os professores brincavam...

Ironicamente, distando cerca de um quilómetro, a Villa Feltrinelli albergava a esposa e os filhos do Ditador.
A
mbos os edifícios, sobranceiros ao Lago, são de uma beleza romântica ímpar e de um ostentatória exibição de riqueza de quem os mandou construir. O terraço e as varandas do Palazzo são maravilhosas, o jardim da Villa é idílico!
A Villa Feltrinelli hoje é um hotel de charme, para os mais abonados e amantes destes luxos.




O Palazzo Feltrinelli (1898-1899), construído como habitação privada de Giuseppe Feltrinelli.
Os Feltrinelli eram uma
família abastada, sendo proprietária também de uma Editora em Milão, que ainda existe com o mesmo nome. Este Palazzo é a Universidade de Verão da Universidade de Milão. Alberga também durante o ano Semanas temáticas, Palestras e Seminários entre outros eventos de carácter nacional e internacional.
Gargnano é apenas uma das comunas de encanto e de charme deste lago tão encantador e fascinante. Bogliaco... Gardone Rivera... Il Vittoriale... Salò... Riva... Desenzano... Sirmione...
Sonhei com ele!!!
Sonho com ele!!!!!






Sem comentários: