1 de agosto de 2009

Corazon Aquino

Li o título da notícia num site associado ao Público e fiquei a pensar... mas eu conheço este nome... Apesar de intrigada não fui ler logo a notícia e como não vi um telejornal inteiro não sei se falaram desta senhora... e eu continuava intrigada. Passadas umas horas, abrindo de novo esse site, continuei com a dúvida, não me recordava da pessoa. Cliquei, abri a notícia e li:

" Corazon Aquino morre aos 76 anos
31.07.2009 - 23h00 Reuters
A antiga presidente das Filipinas, Corazon Aquino, morreu hoje depois de 16 meses a lutar contra um cancro do cólon. Aquino tinha 76 anos e desde Março de 2008 que tinha conhecimento da doença.
Corazon Aquino foi a heroina da revolução do “poder popular” de 1986. A septuagenária entrou no hospital em Junho depois de uma perda do apetite. “A nossa mãe faleceu pacificamente às 3h18 (20h18 hora de Lisboa) de uma paragem cardio-respiratória”, disse o senador Bebigno Aquino Jr., filho de Corazon Aquino, na televisão nacional. "
(in Público online)

FINALMENTE. Claro!!! A Presidente das Filipinas!
Durante tantos anos admirei-a por ser uma voz e uma presença forte naquele mundo asiático tão masculino e tão autoritário.
Não vou dizer que foi uma excelente presidente ou não, não recordo informações que me façam duvidar da grande força desta mulher. Era uma MULHER, e, naquele mundo, é preciso ser-se ainda algo mais... carisma, inspiração, exemplo, etc, etc...

FALECEU MAIS UMA DAS PERSONAGENS MÍTICAS DO MEU IMAGINÁRIO DE JOVENZINHA.

Obrigada Corazon por tudo o que fizeste em prol da humanidade, é preciso começar-se pela base, pelo povo, pelo seu povo, abrindo novos horizontes a quem vivera um jugo ditactorial.

Sem comentários: