16 de fevereiro de 2012

Desabafo

Tanto tempo sem publicar nada e tanto para dizer.

Todos os dias um pensamento, uma torrente de palavras sufoca-me na garganta ou no olhar que se torna triste e vazio. Contudo ainda teimo em ver a luz ao fundo do túnel.

Para os mais novos vai sempre uma palavra de esperança num mundo melhor e sem as preocupações diárias que, de repente, assolam o seu quotidiano. Há palavras que rapidamente entraram no seu vocabulário, palavras essas que desconheciam há meses atrás.

Um mundo novo se adivinha.
Mas será que esse mundo já está delineado nas mentes iluminadas e letradas (ou não) que nos governam?
Ou será que os Senhores do Mundo andam tão perdidos como o comum cidadão?

E fico por aqui hoje porque a minha indignação, o meu desalento, a minha revolta, a minha incompreensão, a minha incredulidade é demasiado grande para se diluir nas palavras que avassalam a minha voz e entopem o meu cérebro.

Sem comentários: